Lifestyle

por página
Filtro

39 Items

Page
  1. Nature's Bounty Niacin 250mg 90 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Niacin 250mg 90 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  2. Nature's Bounty Selenium 200mcg 100 Tablets Nature
    New
    Nature's Bounty

    Selenium 200mcg 100 Tablets Nature's Bounty

    Por US$7,00
    Onde encontrar
  3. Nature's Bounty Prenatal Multi Healthy Mom Optimal Solutions 60 Softgel Nature
    New
    Nature's Bounty

    Prenatal Multi Healthy Mom Optimal Solutions 60 Softgel Nature's Bounty

    Por US$25,00
    Onde encontrar
  4. Nature's Bounty L-Arginine 100mg 50 Tabletes Nature
    New
    Nature's Bounty

    L-Arginine 100mg 50 Tabletes Nature's Bounty

    Por US$13,00
    Onde encontrar
  5. Nature's Bounty Bala Optimal Solutions Morango Para Cabelo, Pele e Unhas 80 Balas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Bala Optimal Solutions Morango Para Cabelo, Pele e Unhas 80 Balas Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  6. Nature's Bounty Cálcio + Magnésio + Zinco 100 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Cálcio + Magnésio + Zinco 100 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  7. Nature's Bounty Barra de Proteína Pure Protein Chocolate e Manteiga de Amendoim 300g Nature
    New
    Nature's Bounty

    Barra de Proteína Pure Protein Chocolate e Manteiga de Amendoim 300g Nature's Bounty

    Por US$20,00
    Onde encontrar
  8. Nature's Bounty Optimal Solutions Para Cabelo, Pele e Unhas 60 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Optimal Solutions Para Cabelo, Pele e Unhas 60 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  9. Nature's Bounty Óleo de Peixe 1200mg + Ômega 3 e  6 120 Softgel Nature
    New
    Nature's Bounty

    Óleo de Peixe 1200mg + Ômega 3 e 6 120 Softgel Nature's Bounty

    Por US$17,00
    Onde encontrar
  10. Nature's Bounty Biotina 1000mcg 100 Tablets Nature
    New
    Nature's Bounty

    Biotina 1000mcg 100 Tablets Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  11. Nature's Bounty Vitamina D 2000 Iu 150 Softgels Nature
    New
    Nature's Bounty

    Vitamina D 2000 Iu 150 Softgels Nature's Bounty

    Por US$10,00
    Onde encontrar
  12. Nature's Bounty Óleo de Linhaça 1200mg 125 Softgel Nature
    New
    Nature's Bounty

    Óleo de Linhaça 1200mg 125 Softgel Nature's Bounty

    Por US$18,00
    Onde encontrar
  13. Nature's Bounty Cálcio 600 + Vitamina D3 250 Tablets Nature
    New
    Nature's Bounty

    Cálcio 600 + Vitamina D3 250 Tablets Nature's Bounty

    Por US$19,00
    Onde encontrar
  14. Nature's Bounty Óleo de Peixe 2400mg 90 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Óleo de Peixe 2400mg 90 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$23,00
    Onde encontrar
  15. Nature's Bounty Biotina 5000mcg 150 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Biotina 5000mcg 150 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$17,00
    Onde encontrar
  16. Nature's Bounty Vitamina E 180mg Pure dl-Alpha Nature
    New
    Nature's Bounty

    Vitamina E 180mg Pure dl-Alpha Nature's Bounty

    Por US$11,00
    Onde encontrar
  17. Nature's Bounty Super Complexo B Com Ácido Fólico + Vitamina C 150 Tablets Nature
    New
    Nature's Bounty

    Super Complexo B Com Ácido Fólico + Vitamina C 150 Tablets Nature's Bounty

    Por US$13,00
    Onde encontrar
  18. Nature's Bounty Co Q-10 100 mg 45 Softgels Nature
    New
    Nature's Bounty

    Co Q-10 100 mg 45 Softgels Nature's Bounty

    Por US$19,00
    Onde encontrar
  19. Nature's Bounty Creatina Monohydrate MET-Rx Sem Sabor 400G Nature
    New
    Nature's Bounty

    Creatina Monohydrate MET-Rx Sem Sabor 400G Nature's Bounty

    Por US$21,00
    Onde encontrar
  20. Nature's Bounty Óleo de Peixe 1290mg 90 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Óleo de Peixe 1290mg 90 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$20,00
    Onde encontrar
  21. Nature's Bounty Osteo Bi-Flex Triple Srength Nature
    New
    Nature's Bounty

    Osteo Bi-Flex Triple Srength Nature's Bounty

    Por US$45,00
    Onde encontrar
  22. Nature's Bounty Barra de Proteína Pure Protein Chocolate Deluxe 300g Nature
    New
    Nature's Bounty

    Barra de Proteína Pure Protein Chocolate Deluxe 300g Nature's Bounty

    Por US$20,00
    Onde encontrar
  23. Nature's Bounty Cápsula de Alho 200mg 120 Cápsulas Nature
    New
    Nature's Bounty

    Cápsula de Alho 200mg 120 Cápsulas Nature's Bounty

    Por US$13,00
    Onde encontrar
  24. Nature's Bounty Barra Big 100 Pretzel de Manteiga de Amendoim MET-Rx 900G Nature
    New
    Nature's Bounty

    Barra Big 100 Pretzel de Manteiga de Amendoim MET-Rx 900G Nature's Bounty

    Por US$36,00
    Onde encontrar
por página
Filtro

39 Items

Page
Dicas e Inspirações

11 super dicas para começar a praticar corrida em 2 semanas

Homem praticando corrida

Coisas que você deve saber antes de iniciar a atividade física

+ Leia mais

Benefícios do Whey Protein para quem quer qualidade de vida

Homem levantando peso na academia

Entenda o que é e quais os benefícios da proteína

+ Leia mais

Praticar exercícios físicos vai além do esforço, entenda sua importância

Entenda a importância de praticar exercícios físicos

Descubra por que movimentar o corpo é fundamental

+ Leia mais

11 super dicas para começar a praticar corrida em 2 semanas

Coisas que você deve saber antes de iniciar a atividade física

Emagrecimento, diminuição dos níveis de estresse, melhora no colesterol e uma série de outros benefícios. A corrida é um tipo de exercício físico democrático, pois não demanda altos investimentos em uma academia, nem mesmo equipamentos caros, e pode ser praticada em qualquer lugar.

Portanto, se você está pensando em adotar a prática desse esporte, mas não sabe muito bem por onde começar, separamos 11 dicas que podem ajudar. Continue lendo!

1. Faça uma avaliação física

Antes de mais nada, principalmente se você não leva uma vida muito ativa, é necessário procurar um médico e fazer uma avaliação física. Cada indivíduo possui necessidades e limitações diferentes, e o médico irá avaliar o seu histórico, forma física, predisposição a lesões e por aí vai.

2. Comece aos poucos

É importante começar aos poucos, inclusive alternando entre corrida e caminhada.
De acordo com especialistas, é interessante, no começo, manter as frequências cardíacas não muito altas, para que as funções do organismo também estejam em equilíbrio.

3. Mantenha uma frequência de treinos

Sair e praticar em um dia e repetir a dose somente uma ou duas semanas depois não é a melhor forma de começar. Mantenha uma frequência de treino para que o seu corpo se habitue a nova rotina. Três vezes por semana é um bom número.

4. Invista em um par de tênis adequados

Correr com os calçados errados pode causar sérios danos aos seus pés e, em alguns casos, até na coluna. Invista em tênis adequados – leves e macios – para melhorar o seu desempenho e evitar lesões.

5. Faça uma alimentação balanceada

Outro ponto que deve ser melhorado para praticar corrida é a alimentação. A corrida é um esporte que exige muita energia durante a sua prática, o que torna a hidratação e o consumo de nutrientes ainda mais importante. Procure um nutricionista para que ele lhe indique a melhor rotina alimentar.

6. Considere o uso de suplementos alimentares

Alguns nutrientes e vitaminas não são encontrados tão facilmente em alimentos consumidos no dia a dia. Portanto, nesses casos, o uso de suplementos alimentares e suplementos esportivos pode ser uma excelente forma de manter o corpo saudável. Alguns exemplos desses suplementos são o Whey Protein, Ômega 3 e Vitamina C.

7. Não esqueça de se alongar

O alongamento é parte essencial da prática de qualquer exercício físico, sobretudo da corrida. Algumas de suas principais funções são:

  • Melhorar a mobilidade articular;
  • Aumentar a flexibilidade;
  • Evitar lesões.

Portanto, inclua de 2 a 5 minutos de alongamento na rotina de treinos – antes e depois de correr.

8. Escute o seu corpo

O início da prática de qualquer atividade envolve também autoconhecimento. Portanto, principalmente durante os primeiros dias, preste muita atenção em como o seu corpo reage durante a corrida, para que assim você possa entender quais são os seus limites.

9. Fique de olho na respiração

A respiração adequada é parte da prática da corrida e não deve ser tratada como segundo plano. Há atletas profissionais que seguem uma técnica de respiração específica: inspirar a cada três passos e expirar por dois passos. Contudo, não há uma única forma de fazer isso.

10. Lembre-se de descansar

Outro ponto que deve ser levado a sério é o descanso. Lembre-se que o seu corpo não é uma máquina e que é preciso descansar para se recuperar e ir com tudo para o próximo treino.

O descanso também previne lesões, recupera o atleta e melhora a sua performance.

11. Crie pequenos desafios para medir a sua evolução

Por último, mas não menos importante, quem está começando a correr não deve se preocupar com distância (em quilômetros) mas sim com tempo gasto na atividade. Por isso, se você estipular que vai correr durante 30 minutos, faça a distância que for possível dentro desse tempo e estipule avanços para acompanhar a sua própria evolução.

Gostou das dicas? Seguindo essas recomendações certamente você conseguirá dar início a prática da corrida em 2 semanas – ou até menos. Lembre-se: "todo dia é um bom dia quando você corre".

Benefícios do Whey Protein para quem quer ter qualidade de vida

Entenda o que é e quais os benefícios da proteína

Se você pratica exercícios físicos, ou convive com pessoas que o fazem, ainda que não saiba exatamente do que se trata, certamente já ouviu falar do Whey Protein.

Whey Protein é um produto muito conhecido, principalmente pelos adeptos de uma rotina mais saudável, e constantemente associado ao ganho de massa muscular. Contudo, esse tipo de proteína oferece ainda mais benefícios à saúde, alguns desconhecidos por muita gente, e é sobre isso que este artigo vai falar.

Para entender um pouco mais sobre o Whey Protein, seus tipos e os seus benefícios à saúde e ao desempenho durante a prática de atividades físicas, continue lendo.

O que é Whey Protein?

Antes de mais nada é preciso explicar o que é exatamente Whey Protein. Traduzindo ao pé da letra, o significado desse termo é proteína do soro do leite. Esse soro é extraído do leite durante a produção de queijos e possui alto valor nutricional.

Tipos de Whey Protein

Você já sabe que o Whey, apelido pelo qual a proteína é mais conhecida, é um preparo extraído do soro do leite. No entanto, essa proteína pode ser encontrada em 3 diferentes "estados". São elas:

Whey Protein Hidrolisado

Em linhas gerais, o Whey Hidrolisado tem como principal característica ser a opção menos "concentrada". Isso porque ele passa pelo processo de hidrólise o que reduz a quantidade de aminoácidos por peptídeos encontrados no produto.

Ou seja, sua absorção é mais rápida, seu sabor é mais leve e ele é indicado para o pós-treino, pois é eficaz na recuperação muscular e no aumento de massa.

Whey Protein Concentrado

Na contramão do Whey Hidrolisado há o Whey Protein Concentrado que, como a própria nomenclatura sugere, é a versão mais forte dos três. Esse tipo de Whey possui uma composição com maior percentual de gordura, lactose, carboidratos e minerais, e pode ser consumido no pré e no pós-treino. Contudo, é importante lembrar que sua absorção é mais lenta em comparação aos outros dois tipos de Whey.

Whey Protein Isolado

O Whey Isolado é a versão mais proteica do produto, pois concentra maior número de proteínas e, ao mesmo tempo, possui a rápida absorção como característica. Seu consumo, assim como o Whey Hidrolisado, deve ser no pós-treino, apenas misturado com água.

Benefícios do Whey Protein

Agora que você já sabe o que é o Whey e quais são as suas três versões encontradas no mercado, é hora de entender um pouco mais sobre os seus benefícios. Afinal, por que tomar Whey?

Ganho de massa muscular

Durante a prática de musculação e outros exercícios físicos, os músculos do corpo sofrem microlesões. A função da proteína do soro do leite é fortalecer os músculos a fim de reparar essas microlesões. Nesse processo de fortalecimento, há o ganho de massa.

Auxílio no emagrecimento

Isso muita gente não sabe, mas o Whey Protein ajuda também no processo de emagrecimento e um dos motivos é por conta do aumento de saciedade que o produto proporciona.

Para você entender melhor, uma das diferenças entre o consumo de carboidratos e o de proteínas é que as proteínas possuem absorção lenta. Ao consumir alimentos proteicos, o corpo fica "satisfeito" por muito mais tempo, o que auxilia na perda de peso pela diminuição da fome.

Melhora na performance durante as atividades físicas

Devido ao seu poder de reconstrução muscular e alto valor nutricional, o Whey Protein também proporciona melhora durante a prática de exercícios físicos. É por isso que o produto está presente na vida da maioria dos atletas e amantes da prática de atividades físicas.

Gostou de entender um pouco mais sobre o Whey Protein e os seus benefícios? Lembre-se que antes de começar a consumir qualquer suplemento alimentar, é importante consultar um profissional!

Praticar exercícios físicos vai além do esforço, entenda sua importância

Descubra por que movimentar o corpo é fundamental

De uns anos para cá, cada vez mais as pessoas têm adquirido consciência acerca da importância de praticar exercícios físicos regularmente. Prova disso, é o valor que o mercado de bem-estar tem movimentado no mundo todo – mais de US$ 3 trilhões por ano – segundo reportagem publicada pela revista Mundo S/A, especializada no mundo dos negócios.

E o que não falta é motivo para adotar uma vida mais saudável, afinal os benefícios proporcionados pela prática de exercícios físicos vão muito além de um corpinho bonito. Menos estresse, mais autoestima e prevenção de inúmeras doenças são alguns deles.

Caso você ainda não esteja 100% convencido sobre isso, é melhor continuar lendo. Neste artigo estão listados alguns motivos bastante persuasivos.

Combate ao estresse

Você sente que o estresse domina boa parte da sua rotina? Como se a qualquer momento você fosse chegar no seu limite do controle emocional? Então saiba que você não está só. O Brasil está em segundo no ranking de nações mais estressadas, de acordo com um levantamento feito pelo International Stress Management Association.

Para se ter ideia, em todo o país, a cada dez trabalhadores, pelo menos três são diagnosticados com a famosa síndrome de Burnout. Essa síndrome é caracterizada pelo "estado de esgotamento físico e mental cuja causa está intimamente ligada à vida profissional" como define Herbert J. Freudenberger, psicólogo estadunidense que definiu a síndrome.

O que os exercícios físicos têm a ver com isso tudo? Simples. Durante a prática de atividades físicas o nosso corpo libera alguns hormônios capazes de melhorar o humor. O principal deles é a endorfina, que tem papel importante no alívio de dores e estimula a sensação de bem-estar.

Controle do peso

De acordo com dados recentes divulgados pelo ministério da saúde, o número de obesos no Brasil cresceu 60% em 12 anos. Falando em percentuais mais exatos, estima-se que atualmente 18,9% da população acima de 18 anos nas capitais brasileiras é obesa.

Esse índice é extremamente preocupante e o motivo nada tem a ver com padrão de beleza, mas sim com saúde. A obesidade é a segunda principal causa de morte no mundo, pois traz consigo inúmeros problemas de saúde sérios.

A boa notícia que os exercícios físicos representam às pessoas que desejam sair da obesidade (ou evitá-la) é a sua eficácia no controle do peso. Afinal, para perder peso basta perder mais calorias do que você consome diariamente. Portanto, além de ganhar maior fortalecimento muscular e disposição física, a prática de atividades ajuda a perder quilos em excesso.

Prevenção de doenças

Pegando o gancho do controle do peso, ao ajudar no emagrecimento, a prática de exercícios físicos auxilia na prevenção de doenças. Hoje, não é incomum o paciente sair do consultório médico com "atividade física" prescrito na receita.

Aqui é possível citar algumas das doenças mais comuns cujas consequências podem ser atenuadas com a prática dos exercícios:

  • Doenças cardiovasculares;
  • Diabetes;
  • Asma;
  • Gordura no fígado;
  • Dores lombares;
  • Câncer.

Você não leu errado. Mesmo com a falta de estudos taxativos, há fortes indícios de que a obesidade e o sedentarismo favorecem o cenário para a incidência de alguns tipos câncer.

Para se ter ideia, a obesidade e o sedentarismo são considerados responsáveis por: "20% dos casos de câncer de mama, 50% dos carcinomas de endométrio (camada que reveste a parte interna do útero), 25% dos tumores malignos do cólon e 37% dos adenocarcinomas de esôfago". Essas informações foram publicadas pelo próprio Drauzio Varella, médico oncologista, cientista e escritor brasileiro.

Agora que você sabe de tudo isso, não dá para negar que os exercícios são, de fato, um poderoso tratamento de saúde. E mais: podem ser iniciados agora mesmo. Vamos juntos?