6 dicas para primeira viagem internacional

O que você precisa saber antes do seu primeiro embarque para fora do país

Viajar é sempre uma experiência enriquecedora. E quando o destino é um país novo, cuja cultura é completamente diferente a experiência é também inesquecível. 

Se você quer garantir que a sua primeira viagem internacional seja memorável do início ao fim, é preciso ter algumas informações preciosas na manga. Por isso, a seguir estão reunidas dicas sobre como as coisas funcionam na prática.

Agora, caneta e papel na mão para anotar todas elas e não esquecer de nenhuma nem antes da viagem, nem durante e nem depois de voltar – afinal, certamente você vai querer repetir a dose muitas e muitas vezes.

1. Tenha uma carteira ou envelope só com os documentos

Para começar, a primeira etapa dos preparativos da viagem deve ser organizar os documentos. E não só organizar guardados em uma bolsa ou envelope, mas sim providenciar os que você ainda não têm. 

Veja a seguir a lista de todos os documentos que podem ser exigidos em sua primeira viagem internacional:

  • Passaporte;
  • Visto
  • Documento de identificação com foto (RG);
  • CIVP - Certificado Internacional de Vacinação.

Com todos esses documentos reunidos, procure guardá-los juntos em uma carteira ou envelope. Dessa forma será mais fácil apresentar todos eles quando solicitados, evitando aquela correria de procurar em todos os bolsos da mala.

2. Fique de olho no peso máximo das bagagens

Documentos todos organizados? Ótimo! O próximo passo é saber qual o peso máximo das bagagens para evitar ter que pagar taxas adicionais sobre o excedente ou qualquer outro tipo de inconveniente na hora do embarque.

Bagagem de mão

Segundo as regras da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) em vigor desde maio de 2017, a bagagem de mão de cada passageiro pode pesar até 10 kg. Contudo, o volume é definido pela própria companhia aérea – e pode variar de uma empresa para outra.

Sendo assim, a recomendação é: entre em contato com a companhia aérea ou busque informações específicas no site oficial da empresa antes de começar a organizar a sua bagagem de mão. Assim, você evita fazer uma mala que precisará ser desfeita em seguida.

Bagagem despachada

A bagagem despachada é aquela entregue à companhia aérea no momento do check-in e, diferente da bagagem de mão que vai junto com o passageiro, essa é transportada no porão do avião e devolvida ao passageiro só no desembarque.

Atualmente, as regras da ANAC a respeito do peso e volume da bagagem despachada permitem que isso seja definido pela própria companhia aérea. Há, inclusive, passagens que dão direito a despachar uma bagagem e outras que não dão.

Ou seja, é preciso se informar sobre limites de peso e volume com a própria companhia. 

Atenção: há itens que não podem ser levados na mala, como frascos contendo líquidos em quantidades superiores a 100 ml. Consulte as regras quanto a itens proibidos na mala despachada antes de sair de casa rumo ao aeroporto!

3. Tenha um tradutor e um mapa que funcionem offline

Para evitar saia justa em sua primeira viagem internacional, é muito importante contar com uma ajudinha da tecnologia. 

Por isso, se você não domina o idioma do país para onde vai, contar com um tradutor que funciona mesmo que o sinal de internet falte pode ajudar muito a sua vida.

Outro aplicativo que vai ajudar em qualquer circunstância é o mapa offline, seja para marcar os pontos de interesse durante a estadia ou buscar uma padaria próxima na hora da fome. 

Nos dois casos, basta acessar a loja de aplicativos do seu smartphone, seja ele Android ou iOS, buscar por "tradutor offline" e "mapa offline" e escolher o que melhor atende às suas necessidades. 

Ah, lembre-se de dar uma conferida nas avaliações deixadas por outros usuários antes de baixar!

4. Leve adaptadores de tomada com você

Se tem uma coisa que nunca é demais em uma viagem internacional é a quantidade de adaptadores de tomada que estão na bagagem. Portanto, se você tiver tempo, confira antes de embarcar quais os padrões de tomada mais utilizadas no país de destino. 

Não conseguiu encontrar essa informação ou não teve tempo para pesquisar? Sem problemas! Existem adaptadores universais que servem para todos os casos, é só investir neles. 

Dessa forma, você não fica sem carregar seu smartphone durante a viagem e não corre o risco de não registrar os melhores momentos do passeio.

5. Evite andar com grandes quantias de dinheiro em espécie

Já decidiu como você vai levar a grana que será utilizada durante a sua primeira viagem internacional? É possível levar dinheiro em espécie, cartões de débito e crédito ou cartão pré-pago internacional. Veja as vantagens de cada uma dessas formas de pagamento:

  • Dinheiro em espécie – possui a taxa de IOF de 1,1%, é prático e é aceito em qualquer estabelecimento comercial;
  • Cartões de débito e crédito – a taxa de IOF sobre o valor das compras é de 6,38%, são formas de pagamento seguras e a única preocupação é a de fazer o aviso viagem para o banco antes de embarcar;
  • Cartão pré-pago internacional – a taxa de IOF sobre o valor das recargas é de 6,38%, não há alteração no valor das compras na data de vencimento, pois o câmbio é congelado no momento da recarga, e é uma forma de pagamento também muito segura.

Para ter mais segurança durante o passeio, evite levar grandes quantias de dinheiro em espécie na bagagem, pois eles podem se perder ou em caso de roubo/ furto, o prejuízo é irreparável. 

Prefira contar com mais de um meio de pagamento, afinal já dizia o ditado "Nunca coloque todos os ovos na mesma cesta".

6. Deixe para comprar produtos importados no Duty Free

Sabemos que para muitas pessoas, fazer uma viagem internacional está diretamente relacionado à compras. Afinal, quem é que não gosta de trazer aquele perfume importado que você só encontra no exterior, ou aquelas roupas e sapatos descolados?

No entanto, existe a possibilidade de adquiri-los sem preocupações na volta da viagem, através do Duty Free. As vantagens para comprar seus produtos favoritos são inúmeras. 

Você pode reservar packs de bebida, brinquedos e até itens comestíveis no site com toda comodidade e retirá-los na volta, sem precisar ocupar espaço na bagagem. Fácil, não é mesmo?!

E aí, curtiu as dicas para a sua primeira viagem internacional? Então, agora é só preparar tudo e aproveitar essa experiência ao máximo. Boa viagem!

Publicado em: 26-02-2020