Comprar nos EUA ou em sites: o que é melhor?

Descubra qual das duas escolhas é a melhor para seu bolso e aproveite ao máximo suas compras nos Estados Unidos

Não tem nada melhor do que viajar e aproveitar o momento para fazer umas comprinhas no exterior. Comprar nos EUA, por exemplo, é uma situação que muitos brasileiros aproveitam, seja para adquirir produtos exclusivos ou até mesmo mais em conta do que no Brasil.

No entanto, fazer compras diretamente em lojas físicas nos Estados Unidos pode não ser a melhor escolha, dependendo do produto escolhido. Nesse sentido, alguns sites se destacam e fazem forte concorrência à compra local, mesmo com o item podendo ser levado imediatamente.

Quer saber qual das duas modalidades é mais vantajosa? Então confira os prós e contras de cada escolha para comprar nos EUA com sabedoria e economia!

Vantagens de comprar em lojas físicas

A principal vantagem de comprar em uma loja física é poder sair com o produto na hora, sem aquela demora pra recebê-lo, que normalmente gera uma grande ansiedade. Assim, encontrar, escolher, comprar e levar um item imediatamente é uma vantagem e tanto.

Outra vantagem que podemos destacar, é para compras de vestuário ou itens pessoais, que podem ser provados na hora. Roupas, cintos, chapéus, brincos e afins entram nessa situação, onde poder "sentir" o objeto vai fazer toda a diferença.

Além desses casos, produtos que não entram na cota da alfândega, como cosméticos, relógios, roupas e sapatos, além de celulares e câmeras fotográficas, podem ser vantajosos se adquiridos em lojas físicas. A dica é evitar extrapolar o limite da Receita Federal.

Desvantagens de comprar em lojas físicas

Quando falamos em cota da alfândega, nos referimos ao limite permitido pela Receita Federal brasileira sem que haja a necessidade de taxas pelo consumo.

Computadores, videogames e eletrônicos entram nesse limite, o que é um problema para quem deseja ser generoso na hora de comprar nos EUA.

O mesmo vale para smartphones e câmeras fotográficas, se comprados acima de uma unidade por pessoa, são taxados na alfândega por ultrapassarem o limite permitido.

Vantagens de comprar em sites

Atualmente, com grandes players do varejo atuando com e-commerces e vendas pela internet, é possível fazer bons negócios e aproveitar as ofertas que os sites disponibilizam.

Nesse sentido, as compras em sites podem oferecer uma variedade maior de produtos, já que as empresas não estão limitadas ao espaço físico de uma loja convencional.

No Duty Free, por exemplo, é possível fazer as compras online e só retirar o produto na hora que você estiver no aeroporto. Desse modo, é possível ficar livre dos impostos, o que vai deixar o preço bem mais atrativo do que em lojas físicas.

Além disso, essa modalidade de compra tem limites mais generosos. Os valores para compras nos free shops costumam ser maior, sendo uma cota extra e não entram na cota da Alfândega, o que ajuda quem deseja comprar sem se preocupar tanto com as taxas pagas à Receita Federal do Brasil.

Desvantagens de comprar em sites

Basicamente, existem apenas duas desvantagens grandes entre comprar nos EUA e comprar em sites.

No caso dos sites – se for um problema para você, claro – a espera pelo produto chegar até o seu endereço pode ser bem angustiante. Ainda assim, alguns varejistas oferecem condições ágeis de entregas que diminuem drasticamente essa espera.

Outro ponto é a compra online de vestuário e acessórios, onde será necessário confiar no instinto e nas medidas fornecidas pela loja. 

Nessa hora, é bom escolher com cuidado para não adquirir um item que não servirá em você, já que, nesse caso, a frustração será em dobro – considerando a espera pela entrega e o fato do objeto não servir.

Ainda assim, uma compra bem planejada e consciente pode tornar essas desvantagens bem menores. Portanto, compre com sabedoria!

Afinal, devo comprar nos EUA ou em sites?

Não existe resposta certa, pois isso vai depender do seu perfil de consumidor e, principalmente, do que você planeja comprar lá fora. 

Se grande parte das compras forem de itens que não são taxados na alfândega, como o é o caso dos perfumes importados, talvez valha a pena pegar o produto na hora para não causar nenhum tipo de ansiedade.

No caso das compras em sites, elas são vantajosas pela variedade de itens e a gama de produtos que podemos encontrar. Nesses casos, vale a pena esperar o tempo de entrega para fazer um bom negócio.

Por último, uma ótima dica é aproveitar o limite superior de compras nos free shops, que ainda é maior que itens trazidos na bagagem. 

A redução ou isenção de impostos é um grande incentivo nesse caso, proporcionando que você realize sua compra por valores bem atraentes. No mais, planeje suas compras com sabedoria, fique atento para não gastar além do permitido e aproveite bastante – sem taxas, é claro.

Publicado em: 02-03-2020