Champagne e Espumante

por página
Filtro

52 Items

Page
  1. Veuve Clicquot Pack Champagne Yellow Label Veuve Clicquot Brut 2x750ml
    20%
    off
    Veuve Clicquot

    Pack Champagne Yellow Label Veuve Clicquot Brut 2x750ml

    De US$157,00 Por US$125,60
    Onde encontrar
  2. Moet & Chandon Pack Champagne Brut Imperial Möet & Chandon 2 x 750mL
    20%
    off
    Moet & Chandon

    Pack Champagne Brut Imperial Möet & Chandon 2 x 750mL

    De US$143,00 Por US$114,40
    Onde encontrar
  3. Freixenet Pack Espumante Cordon Negro Brut Freixenet 6x750mL
    33%
    off
    Freixenet

    Pack Espumante Cordon Negro Brut Freixenet 6x750mL

    De US$102,00 Por US$68,01
    Onde encontrar
  4. Freixenet Pack Espumante Carta Nevada Freixenet 6X750ml
    33%
    off
    Freixenet

    Pack Espumante Carta Nevada Freixenet 6X750ml

    De US$96,00 Por US$64,01
    Onde encontrar
  5. Veuve Clicquot Champagne Veuve Clicquot 750Ml
    10%
    off
    Veuve Clicquot

    Champagne Veuve Clicquot 750Ml

    De US$81,00 Por US$72,90
    Onde encontrar
  6. Moet & Chandon Champagne Ice Imperial Moët & Chandon 750ml
    10%
    off
    Moet & Chandon

    Champagne Ice Imperial Moët & Chandon 750ml

    De US$95,50 Por US$85,95
    Onde encontrar
  7. Veuve Clicquot Champagne Veuve Clicquot Rose 750Ml
    10%
    off
    Veuve Clicquot

    Champagne Veuve Clicquot Rose 750Ml

    De US$111,00 Por US$99,90
    Onde encontrar
  8. Freixenet Cava Freixenet Ice Rose Semi (Vinho Espumante) 12% 750ml
    10%
    off
    Freixenet

    Cava Freixenet Ice Rose Semi (Vinho Espumante) 12% 750ml

    De US$21,50 Por US$19,35
    Onde encontrar
  9. Veuve Clicquot Champagne Rich Veuve Clicquot 750ml
    10%
    off
    Veuve Clicquot

    Champagne Rich Veuve Clicquot 750ml

    De US$91,50 Por US$82,35
    Onde encontrar
  10. Moet & Chandon Champagne Brut Imperial Moët & Chandon 750ml
    10%
    off
    Moet & Chandon

    Champagne Brut Imperial Moët & Chandon 750ml

    De US$74,00 Por US$66,60
    Onde encontrar
  11. Moet & Chandon Champagne Moét Chandon Brut Imperial Rosé 750ml
    10%
    off
    Moet & Chandon

    Champagne Moét Chandon Brut Imperial Rosé 750ml

    De US$95,50 Por US$85,95
    Onde encontrar
  12. Moet & Chandon Champagne Nectar Imperial Moet Chandon 750Ml
    10%
    off
    Moet & Chandon

    Champagne Nectar Imperial Moet Chandon 750Ml

    De US$85,50 Por US$76,95
    Onde encontrar
  13. Freixenet Vinho Espumante Ice Freixenet 750ml
    10%
    off
    Freixenet

    Vinho Espumante Ice Freixenet 750ml

    De US$21,50 Por US$19,35
    Onde encontrar
  14. Freixenet Vinho Espumante Cordon Negro Brut Freixenet 750ml
    10%
    off
    Freixenet

    Vinho Espumante Cordon Negro Brut Freixenet 750ml

    De US$17,00 Por US$15,30
    Onde encontrar
  15. Codorniu Espumante Brut Classico Codorniu 750Ml
    10%
    off
    Codorniu

    Espumante Brut Classico Codorniu 750Ml

    De US$17,00 Por US$15,30
    Onde encontrar
  16. Ruinart Ruinart Champagne Rose Gift Box 75Cl
    10%
    off
    Ruinart

    Ruinart Champagne Rose Gift Box 75Cl

    De US$136,00 Por US$122,40
    Onde encontrar
  17. Bottega Vinho Prosecco Vino Dei Poeti Bottega 750Ml
    10%
    off
    Bottega

    Vinho Prosecco Vino Dei Poeti Bottega 750Ml

    De US$18,00 Por US$16,20
    Onde encontrar
  18. Codorniu Espumante Classico Rosado Codorniu 750Ml
    10%
    off
    Codorniu

    Espumante Classico Rosado Codorniu 750Ml

    De US$17,00 Por US$15,30
    Onde encontrar
  19. Codorniu Vinho Espumante Classico Semi Seco Codorniu 750ml
    10%
    off
    Codorniu

    Vinho Espumante Classico Semi Seco Codorniu 750ml

    De US$17,00 Por US$15,30
    Onde encontrar
  20. Freixenet Vinho Espumante Carta Nevada Semi Seco Freixenet 750ml
    10%
    off
    Freixenet

    Vinho Espumante Carta Nevada Semi Seco Freixenet 750ml

    De US$16,00 Por US$14,40
    Onde encontrar
  21. Codorniu Vinho Pinot Noir Brut Codorniu 750ml
    10%
    off
    Codorniu

    Vinho Pinot Noir Brut Codorniu 750ml

    De US$27,00 Por US$24,30
    Onde encontrar
  22. Moet & Chandon Champagne Brut Imperial Moet Chandon 200ml
    10%
    off
    Moet & Chandon

    Champagne Brut Imperial Moet Chandon 200ml

    De US$25,00 Por US$22,50
    Onde encontrar
  23. Bellussi Prosecco Brut DOC 750Ml
    10%
    off
    Bellussi

    Prosecco Brut DOC 750Ml

    De US$18,00 Por US$16,20
    Onde encontrar
  24. Codorniu Vinho Espumante Brut Codorniu Anna de Codorniu 750ml
    10%
    off
    Codorniu

    Vinho Espumante Brut Codorniu Anna de Codorniu 750ml

    De US$21,00 Por US$18,90
    Onde encontrar
por página
Filtro

52 Items

Page
Dicas e Inspirações

Champagne ou espumante: qual a diferença?

Diferença de Espumantes e Champgne

Entenda algumas curiosidades sobre as bebidas e descubra o que as tornam diferentes

+ Leia mais

Os diferentes tipos de espumante

Adega com Diferentes Tipos de Espumantes

Método de produção e nível de doçura, mergulhe a fundo no universo dos espumantes

+ Leia mais

Ocasiões especiais pedem bebidas especiais

Bebibas em ocasiões especiais

Descubra algumas formas de servir bebidas aos seus convidados e torne qualquer momento memorável

+ Leia mais

Champagne ou espumante: qual a diferença entre eles?

Entenda algumas curiosidades sobre as bebidas e o que as tornam diferentes

Quando amigos e familiares se juntam para celebrar um momento especial, seja uma grande conquista, a união entre duas pessoas apaixonadas ou qualquer outra ocasião memorável, nada combina tão bem quanto uma garrafa de champagne… Ou de espumante.

Afinal, existe alguma diferença entre champagne e espumante? Se sim, que diferença é essa? É isso que você terá a chance de descobrir a seguir.

Métodos de produção do champagne e espumante

Antes de colocar os pingos nos is e explicar de uma vez por todas qual a diferença entre champagne e espumante, é importante falar um pouco sobre o processo de produção responsável por conferir as bolhas refrescantes ao vinho. São eles o método tradicional (conhecido como Champenoise em Champagne) e o Método Charmat.

Método tradicional ou Champenoise

Nesse método de produção a bebida passa por dois tipos de fermentação. O primeiro deles serve para transformar a bebida à base de uva, em vinho. Ou seja, é nessa primeira fase que o líquido passa a se tornar alcoólico.

Após essa etapa, tudo é engarrafado para que o próximo passo do Champenoise aconteça: a transformação do vinho em uma bebida gasosa, super refrescante. Nessa etapa, uma superfície da bebida fica em contato com as leveduras cujo papel é fermentar novamente o vinho, dessa vez para lhe conferir notas aromáticas e textura única.

A partir deste método é possível produzir espumantes nature, extra brut, brut, seco e semisseco, encontrados em versões de grandes marcas como Veuve Clicquot, Moet & Chandon e Bottega.

Método Charmat

Já o método Charmat acontece de forma bem semelhante, a não ser pelo detalhe que a bebida não é engarrafada logo após a primeira fermentação. O vinho fica armazenado em cubas e dali vai direto para a próxima etapa, em que o vinho é colocado em tanques junto com açúcares para a formação do álcool e do Gás Carbônico. Só então, após sua completa finalização, ele será engarrafado.

Um bom exemplo de espumante produzido no método Charmat é o Prosecco Brut da Bellussi, que possui um sabor característico e é servido como aperitivo.

Diferença entre champagne x espumante

Alguma vez na vida você já ouviu a frase: “Todo champagne é um espumante, mas nem todo espumante é um champagne”? Se ela já foi um mistério para você, a partir de hoje ela deixará de ser. Já explicados os processos de fabricação das bebidas, agora sim é possível diferenciá-las.

O champagne e o espumante são produzidos a partir do método tradicional, ou Champenoise, em que uma fermentação acontece fora da garrafa e a outra após o vinho ter sido envasado. Para a produção da bebida, as únicas uvas a serem utilizadas devem ser Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier.

Ora, se as duas bebidas são produzidas da mesma forma significa que elas são a mesma coisa? Sim e não.

Acontece que a diferença entre champagne e espumante, é muito mais relacionada à geolocalização do que sabor. O nome champagne é dado ao espumante fabricado originalmente na região de Champagne, no norte da França.

Em 1927, a região de Champagne ganhou o título de AOC – Appellation d’Origine Contrôlée (Denominação de Origem Controlada), dessa forma, em regra, não é possível chamar de champagne espumantes produzidos em qualquer outro lugar do mundo.

Quando o assunto é espumante, existe também o prosecco, nome dado aos espumantes produzidos na região de Vêneto, no nordeste da Itália.

Como é produzido o prosecco

Diferente do champagne e outros espumantes mais tradicionais, o prosecco, normalmente, possui sabor mais frutado devido ao seu processo de fabricação pelo método Charmat.

Nesse método, como vimos, a bebida passa pelas duas etapas de fermentação antes de ser engarrafada, o que ajuda a reter mais o sabor original frutado das uvas, além de serem ainda mais intensos nas borbulhas.

Outra característica específica do espumante prosecco é o tipo de uva utilizada na produção. Enquanto champagne e demais espumantes usam tradicionalmente Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier, o prosecco usa um único tipo de uva, conhecida como prosecco mesmo, ou também como Glera.

Um bom exemplo da bebida, é o Prosecco da Martini, pedida ideal para quem deseja tomar algo leve e com um sabor característico.

Prosecco, espumante ou champagne: qual é o melhor?

Sabendo exatamente o que difere as três bebidas, é hora de decidir qual delas é a melhor. A resposta é simples: o seu paladar decide. Afinal, como vimos, para ser espumante basta que a bebida tenha passado por dois processos de fermentação – a primeira para transformar a bebida em vinho, a segunda para criar as bolhas gaseificadas.

Portanto, o que difere de fato espumante x ou y é o seu aroma.

Como harmonizar espumante

Além de ser uma bebida saborosa, refrescante e super festiva, o espumante é um coringa quando o assunto é harmonização de pratos. Isso porque a bebida acompanha muito bem diferentes tipos de alimentos, doces e salgados, principalmente devido ao seu sabor suave e gaseificado.

Massa com molho vermelho, carnes, peixes e até pratos mais gordurosos ou pesados. Seja qual for o cardápio servido, o espumante suaviza, refresca, dá leveza e agrada. É o tipo de bebida que faz bonito em qualquer ocasião. Portanto, se você for receber amigos em casa ou organizar uma reunião familiar, tenha consigo algumas garrafas, pois, o sucesso será garantido.

Gostou de saber mais sobre a diferença entre champanhe e espumante? Compartilhe o artigo com aqueles amigos que adoram a bebida, mas que jamais saberiam explicar essa sutil diferença.

Conheça os diferentes tipos de espumante e qual a melhor ocasião para bebê-los

Método de produção e nível de doçura,mergulhe a fundo no universo dos espumantes

Champagne ou Prosecco? Brut ou demi-sec? Escolher um espumante pode ser mais complexo do que se imagina. Afinal, a bebida é fabricada em diferentes partes do mundo e pode possuir níveis de doçura diferentes, de acordo com seu processo de fabricação, e tudo isso interfere em seu sabor final.

Por isso, você irá conhecer a seguir diferentes tipos de espumante, incluindo sua origem e teor de doçura. Dessa forma, será possível escolher a bebida que melhor combina com a ocasião e agradar todos os convidados.

Como é feito um espumante?

Seja qual for o tipo de espumante – Champagne, Prosecco, Cava – o que caracteriza essa bebida é a refrescância proporcionada pela presença de gás. Existem dois principais métodos de fabricação pelos quais o espumante é produzido, são eles o método tradicional, conhecido também como Champenoise, e o método Charmat.

Nos dois métodos a bebida passa por duas etapas de fermentação, a primeira é a que transforma o suco extraído das uvas em um vinho. A segunda é a que torna gaseificada. O que difere os dois métodos é justamente a maneira como a segunda fermentação acontece.

No método Champenoise, a segunda fermentação acontece após o envase da bebida e o sabor do espumante ganha notas de pão e brioche. Já no método Charmat, as duas etapas de fermentação acontecem antes do envase, o que preserva notas florais e frutadas, extraídas das uvas, no espumante.

Quais os tipos de espumante?

Sabendo quais os diferentes métodos de produção da bebida, é hora de descobrir o que difere cada um dos tipos de espumante – Champagne, Prosecco, Cava.

Champagne

O Champagne e os espumantes tradicionais são fabricados a partir do método tradicional, ou Champenoise. Ou seja, são duas etapas de fermentação e uma delas, a etapa que transforma de fato o vinho por meio das bolhas refrescantes, é feita após o seu envase.

Outra característica é que para a produção dos espumantes tradicionais e do Champagne são utilizados três tipos de uva: Chardonnay, Pinot Noir e Pinot Meunier.

Mas o que diferencia um espumante de um Champagne? Não há nenhum mistério aqui. Para ser chamado de Champagne, o espumante precisa ter sido fabricado na região de Champagne, no norte da França.

Sugestão: O clássico champagne da Dom Perignon é sempre uma boa pedida.

Prosecco

Já o Prosecco é o tipo de espumante produzido a partir do método Charmat, fabricado na região do Vêneto, no nordeste da Itália. Isso significa que ainda que determinado tipo de espumante siga o mesmo processo do Prosecco, ele não poderá ser chamado dessa forma.

Outra característica específica do Prosecco é a uva utilizada em sua fabricação, no caso, a uva é chamada também de Prosecco ou de Glera – um apelido recente.

Sugestão: Não deixe de experimentar as opções de Vinho Prosecco da Bottega

Cava

Não tão popular quanto o Champagne e o Prosecco, o Cava é o espumante favorito dos espanhóis, e é fabricado principalmente na região da Catalunha, no nordeste da Espanha. Assim como o Champagne e os espumantes mais tradicionais, o Cava também é produzido pelo método tradicional, Champenoise.

As uvas mais utilizadas no processo são Macabeo, Parellada e Xarel-Lo, mas em alguns casos ele pode ser fabricado com Chardonnay e Pinot Noir, ou Garnacha, Monastrell e até Cabernet Sauvignon para as versões rosés.

Sugestão: Experimente as versões do Cava da Cordoníu.

Outros espumantes

Apesar de serem os tipos mais conhecidos, exceto pelo Cava que é mais popular na Europa, são produzidos inúmeros tipos de espumante ao redor do mundo. Mas nem todos eles possuem um nome próprio ditado pela região em que são fabricados, o que não influencia em nada na qualidade do produto final.

Qual é o grau de doçura dos espumantes?

Depois de saber quais são os diferentes tipos de espumante, é hora de descobrir o que define o grau de doçura da bebida. Afinal, existem pessoas que preferem sabor mais seco e outras que gostam de bebidas mais doces, e é preciso entender como identificar cada uma delas.

Espumante nature

O nature é a versão mais seca da bebida, são no máximo 3g de açúcar por litro, o que significa proporcionalmente bem pouco açúcar.

Espumante extra-brut

Não tão seco quanto o nature, mas ainda assim bem seco, é o espumante extra-brut. Seu teor de açúcar vai de 3g a 8g por litro.

Uma sugestão para você experimentar é o Espumante Extra-brut da marca Le Marchesine.

Espumante brut

Uma das versões mais consumidas no mundo todo, o espumante Brut também é considerado seco e o teor de açúcar por litro varia de 8g a 15g – ideal para quem gosta de vinho menos doce.

Dentre as melhores opções de marcas de Espumante Brut está a Moet & Chandon.

Espumante demi-sec

Saindo um pouco dos secos, espumantes do tipo demi-sec são mais doces e agradam o paladar de quem prefere bebidas um pouco mais adocicadas. Aqui, o teor de açúcar vai de 20g a 60g por litro.

Se você está procurando por um demi-sec de qualidade, nossa indicação é pelo Veuve Clicquot. Você não vai se arrepender!

Espumante moscatel

Para as pessoas que não abrem mão de bebidas bem docinhas, o espumante moscatel é escolha certa. Seu teor de açúcar é superior a 60g por litro.

Qual a melhor ocasião para beber espumante?

Devido a sua característica refrescante, o espumante é a bebida perfeita para ocasiões festivas. Além disso, devido a sua alta versatilidade, o espumante harmoniza facilmente com os mais diversos tipos de pratos – dos mais leves aos mais gordurosos. Portanto, se o objetivo é não errar na bebida, o espumante é sempre a melhor escolha. Pode ir sem medo!

Gostou de saber mais sobre os tipos de espumante? Compartilhe o conteúdo com aquela pessoa com quem você adoraria dividir uma boa garrafa de espumante.

Ocasiões especiais pedem bebidas especiais: veja quais são as mais procuradas

Descubra algumas formas de servir bebidas aos seus convidados e torne qualquer momento memorável

Inúmeros fatores tornam determinada ocasião especial. O menu especialmente elaborado, os sabores presentes na mesa, a companhia agradável, as bebidas servidas… Tudo isso tem poder de tornar um momento memorável.

Falando especificamente de bebidas, veja a seguir quais são as preferidas quando o assunto é ocasião especial – espumante, whisky, vodka, entre outras – e como servi-las da melhor forma possível.

Whisky

Scotch Whisky, Irish Whisky, Bourbon… Seja qual for o tipo do whisky, o famoso destilado de cor caramelo é sucesso na certa, independente da ocasião. Contudo, por se tratar de uma bebida mais encorpada e com alto teor alcoólico, é preciso ter atenção especial na harmonização.

Sugestões de consumo

O whisky é comumente servido puro, com adição de gelo ou com adição de água, cada uma dessas formas proporciona uma experiência diferente do paladar.

Além disso, é possível servir coquetéis que levam o whisky como base para tornar a bebida mais democrática. Whisky com refrigerante de cola, com limão-siciliano e até milkshake de whisky são algumas sugestões de drinks que podem ser preparados. Basta soltar a imaginação!

Harmoniza com

Existem diferentes tipos de whisky no mercado, cada qual com seu sabor específico e harmonização ideal. Aqueles que carregam notas mais suaves e cítricas, harmonizam muito bem com salada de folhas frescas, queijos delicados e pratos servidos com molho de limão.

Por outro lado, um whisky que traz sabores mais intensos combina muito bem com chocolates e sobremesas que levam a iguaria como ingrediente principal.

Champagne

O champagne é quase símbolo de festa e de comemoração. A bebida oficial dos brindes é refrescante, leve e muitíssimo agradável ao paladar, o que a torna uma opção perfeita para servir em qualquer ocasião.

Sugestões de consumo

O champagne, ou qualquer outro tipo de espumante, pode ser servido puro ou em coquetéis – os que levam frutas são especialmente saborosos. Clericot é uma receita clássica que leva frutas em seu preparo, perfeita para servir em eventos que acontecem nos dias mais quentes.

Aperol Spritz é uma outra receita bastante famosa que leva prosecco, Aperol e soda, servida com rodelas de laranja, capaz de conquistar o coração – e o paladar – daqueles que experimentam.

Harmoniza com

Quando o assunto é harmonização, os espumantes saem na frente com bastante vantagem. Afinal, as bebidas gaseificadas combinam com uma infinidade de pratos – leves, gordurosos, doces ou salgados. Portanto, se a intenção é não errar nas combinações, o ideal é apostar nos espumantes.

Vodka

Bebida que é marca registrada da Rússia, o famoso destilado de cereais, cristalino como água, também tem tudo para fazer parte das mais especiais ocasiões. Apesar de, assim como whisky, ser uma bebida de sabor mais acentuado devido ao seu alto teor alcóolico, há quem prefira consumi-la pura. Contudo, a vodka é conhecida por ser ingrediente de inúmeras receitas de coquetéis, como você verá a seguir.

Sugestões de consumo

A mistura de limão, vodka, gelo e açúcar resulta na famosa Caipiroska, uma versão da tradicional Caipirinha brasileira que substitui a cachaça pelo destilado e que caiu no gosto do povo brasileiro. Outra sugestão é o drink White Russian, uma mistura de vodka, licor de café e creme de leite, conhecido por aparecer no filme The Big Lebowski.

Por último, temos o doce e refrescante Sex on The Beach, que leva vodka, licor de pêssego, gelo, suco de laranja e xarope grenadine, cuja apresentação convidativa exibe as cores do pôr do sol na praia.

Harmoniza com

Existem diferentes tira-gostos que combinam bem com a vodka, dentre eles estão legumes em conserva, peixes, saladas e massas. Vale lembrar que quando a vodka é servida em forma de coquetel, a gama de harmonizações aumenta e aí as possibilidades são infinitas.

Gin

Desenvolvido originalmente para se tornar um remédio para os rins, o destilado de cereais acrescido de zimbro conquistou o mundo todo. Cada dia mais popular em bares de todo o mundo, o gin, assim como a vodka, é cristalino como água, mas o seu sabor único e característico é realmente apaixonante.

Também com teor alcóolico elevado, o gin pode ser consumido puro em pequenas doses ou adicionado a coquetéis. Aliás, os coquetéis feitos a partir do gin são icônicos, e já estrelaram em diferentes obras do cinema e da TV.

Sugestões de consumo

A mistura de gin, água tônica, limão e gelo que resulta no coquetel Gin Tônica é certamente uma das mais famosas que existem. Além do Gin Tônica, há o Cosmopolitan, bebida famosa por ser uma das estrelas da série Sex And The City, que leva gin, cointreau, suco de limão e suco de cranberry na composição.

Por último, não dá para deixar de lado o famoso coquetel do James Bond, dos filmes 007. O drink Dry Martini, servido em um copo elegantemente alto, com uma azeitona dentro, leva gin, vermute seco e gelo.

Harmoniza com

O aroma do gin pode variar de acordo com a sua versão – cítrico, especiado, herbal ou floral –, mas de acordo com especialistas, pratos como peixes e frutos do mar, patês e antepastos, frango e sobremesas em geral vão muito bem com a bebida.

Gostou de saber mais sobre como champagne, gin, whisky e vodka podem fazer brilhar as mais variadas ocasiões e tornar todas especiais? Compartilhe esse artigo com pessoas que estão sempre presentes nos melhores momentos da sua vida.