Chocolate

Chocolate

Festival do chocolate: conheça todos os tipos dessa delícia

Um dossiê prático e completo sobre a iguaria feita de cacau mais amada do mundo

Já dizia o ditado “Quem não gosta de chocolate, boa pessoa não é”. Ok, há grandes chances de esse ditado não existir, mas muitos vão concordar com ele. Difícil é encontrar alguém que não morra de amores por essa delícia, não é?

E como falar de chocolate nunca é demais, reunimos algumas curiosidades sobre a famosa iguaria para estreitar ainda mais essa relação de amor. Quer saber que curiosidades são essas? Continue lendo.

Onde surgiu o chocolate?

Que o chocolate vem do Cacau todo mundo sabe, mas ao visualizar a frutinha amarela de gosto azedo, é difícil imaginar quem foi que teve a primeira ideia de transformar aquilo em uma deliciosa barra marrom e doce.

Acontece que a história começa muitos anos atrás, com os Maias. Além de cultivarem o cacau, eles, posteriormente, preparavam uma receita considerada sagrada a partir das suas sementes. A bebida era amarga e levava baunilha e pimenta.

Já nas cerimônias religiosas, as mesmas sementes eram torradas e servidas com algumas especiarias e mel. A ideia não devia ser ruim, pois, anos mais tarde, o cacau chegou em toda a Europa e somente os nobres tinham o direito de consumi-la.

Como uma coisa leva a outra, já na Europa, não tardou para que a novidade chegasse até a Suíça. O país que hoje é considerado produtor dos melhores chocolates importados do mundo, teve a ideia de adicionar leite ao cacau. Não é preciso dizer que o casamento foi perfeito.

Com quantos cacaus se faz um chocolate?

Já sabemos que o chocolate só surgiu depois que alguém teve a ideia de usar as sementinhas da fruta da árvore do cacau para consumir. Mas afinal, com quantas frutas dessa se faz um chocolate?

Antes de mais nada, a árvore do cacau, cacaueiro, começa a dar frutos apenas depois de quatro anos de vida. Ou seja, não é nada rápido. Quando ela, finalmente, começa a dar frutos, não pense que tudo acontece com abundância. Uma planta de porte pequeno, produz cerca de 50 frutos, e as plantas de porte grande, mais ou menos 130. Cada um contém entre 20 a 40 sementes.

Sabendo de tudo isso, sabe quantas sementes são necessárias para produzir 1 quilo de chocolate? Cerca de 1000 delas. Ou seja, além de plantar a árvore, aguardar quatro anos, em média, até poder colher os frutos, é necessário reunir muitas sementes para dar início a produção do chocolate.

Quais os tipos de chocolate que existem?

O cacau que vai à composição dos chocolates é a massa de cacau e de acordo com a determinação da Anvisa — Agência Nacional de Vigilância Sanitária — para ser classificado como chocolate, é necessário que haja essa massa e também açúcar entre os ingredientes.

Sabendo disso, conheça mais detalhes sobre os tipos de chocolate mais comuns que existem: chocolate ao leite, chocolate amargo, chocolate branco e chocolate com especiarias.

Chocolate ao leite

Como o próprio nome diz, além do cacau e do açúcar, o chocolate ao leite leva leite em sua composição, o que confere a esse tipo de chocolate uma coloração mais puxada para o marrom e textura mais cremosa. O teor de cacau do chocolate ao leite pode variar, mas normalmente não ultrapassa 50%.

Chocolate amargo

Diferente do chocolate ao leite, o chocolate amargo tem esse nome devido ao seu sabor mais amargo, conferido pelo alto teor de cacau em sua composição. Afinal, para ser classificado como chocolate amargo, é necessário que haja mais de 50% de cacau. Aliás, é também o alto teor de cacau que torna esse o chocolate mais escuro de todos, praticamente preto em alguns casos.

Chocolate branco

Em total contraste com os outros dois tipos de chocolate, o chocolate branco não chega a ser branco, mas é bem clarinho, lembra muito a cor de um sorvete de creme. Uma curiosidade é que contrariando a determinação da Anvisa, ele não leva massa de cacau em sua composição, mas sim manteiga de cacau. Por isso ele é um pouco mais gorduroso do que as outras duas versões e há, inclusive, quem não considere o chocolate branco como um tipo de chocolate.

Chocolate com especiarias

Seja ele ao leite, branco ou amargo, o chocolate com especiarias ganhou a vez entre os preferidos. Ele pode ser apresentado com castanhas, frutas, biscoitos e tem até mesmo com pimenta. Exótico ou mais clássico, esse tipo de chocolate conquistou o paladar dos brasileiros.

Chocolate faz bem para a saúde?

O chocolate é prova de que nem tudo é gostoso faz mal, pois, existem versões dessa gostosura que fazem bem à saúde.

Quanto maior a concentração de cacau, maior também a quantidade de antioxidantes e flavonoides, substâncias que ajudam a prevenir doenças. Mas isso não significa passe livre no chocolate, ok? É importante consumir com moderação.

Já os chocolates com menos teor de cacau não fazem tão bem assim à saúde, pois, contém maior concentração de gordura e açúcar. Mas, ainda assim, fazem um bem danado para o humor. Basta um quadradinho para que haja estímulo na produção de serotonina e endorfina, neurotransmissores responsáveis pela sensação de bem-estar e prazer.

Depois de ler tudo isso, é impossível não sentir água na boca para degustar um delicioso chocolate. Na hora de comprar, invista em chocolates importados, pois, os chocolates considerados como os melhores do mundo vêm de fora do Brasil, como os da Suíça e da Bélgica.